O País – A verdade como notícia

Oito pessoas detidas por pesca ilegal na Beira

A primeira fase de operação “pesca responsável” terminou com a detenção de oito pessoas, na Beira, assim como a apreensão de dezenas de redes impróprias para pesca, cerca de sete mil estacas e 1 800 troncos de mangal.

A operação tinha em vista regular a captura dos recursos marinhos e envolveu os sectores de floresta e fauna bravia, pescas, meio ambiente e polícia costeira: “O mangal faz parte do ecossistema, aliás, é o berço onde se desenvolvem os recursos marinhos. Os mangais são ainda responsáveis pela protecção costeira, florescimento do alimento orgânico nos estuários, entre outras funções”, esta foi a explicação dada por Carlos Sendela, director provincial do Mar, águas interiores e pesca.   

Foi nas praias da cidade da Beira que se apreendeu grandes quantidades de redes nocivas à pesca, mais conhecidas por ‘chicocotas’: “Infelizmente, temos compatriotas que continuam a dizimar os nossos recursos marinhos, para satisfazer os seus caprichos. Recorrem a redes impróprias, como a mosquiteira, para pescar. Trata-se de redes que arrastam até os ovos e, como resultado, a cada dia que passa, estamos a ficar sem o pescado”, concluiu.

A operação durou duas semanas e será retomada dentro de dias.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos