O País – A verdade como notícia

Obras de terraplanagem dos estádios do CAN-2025 começam na Guiné Conacri

Obras de decapagem e terraplenagem nos locais que devem abrigar infra-estruturas do Campeonato do Africano das Nações (CAN) 2025, agendada na Guiné, iniciaram segunda-feira, no sítio de Donghol, relatou a Agência de Notícias Guineense (AGP, sigla em francês).

O sítio Donghol abrigará um estádio de competição com capacidade para 15.000 lugares e um terreno anexo com 1.000 lugares.

No final de uma visita de trabalho de 48 horas na região administrativa de Boké, a cerca de 200 quilómetros da cidade capital, Conacri, onde fica Donghol, o ministro guineense da Juventude e Desportos, Lansana Béa Diallo, lançou oficialmente as obras.

Na ocasião, o governante disse que o Presidente de transição, o coronel Mamadi Doumbouya, dá importância à organização do CAN 2025 na Guiné, prometendo colocar todos os meios à disposição do seu departamento para o sucesso dos trabalhos.

Assegurou que todas as infra-estruturas previstas serão realizadas de acordo com as regras da arte e no estrito cumprimento do prazo contratual.

Para a materialização do projecto de grande envergadura, garantiu que será necessário o respeito pelo conteúdo local e pela empregabilidade da mão-de-obra local.

A organização do CAN 2025 na Guiné, considera o ministro, é um sonho para o país, que vai finalmente continuar a acreditar nos seus potenciais.

Assim sendo, o Comité da Organização do CAN (COCAN) foi redinamizado, afirmou.

O chefe do Departamento Infra-estruturas COCAN, Mamadi Kourouma, afirmou que várias infra-estruturas desportivas serão construídas nos lugares escolhidos.

Porém, vários observadores são cépticos, dizendo não acreditar na capacidade do país para organizar o CAN 2025, devido aos atrasos na construção das infra-estruturas, em particular no interior do país.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos