O País – A verdade como notícia

Obras complementares da Barragem de Corrumana arrancam em Novembro

As obras complementares da Barragem de Corrumana vão arrancar no próximo mês de Novembro. As intervenções para o aumento da capacidade actual da albufeira estão, neste momento, dependentes da conclusão do Plano de Reassentamento que vai abranger 199 famílias.

Situada no distrito de Moamba, província de Maputo, a Barragem de Corrumana armazena actualmente 886 milhões de metros cúbicos de água. Trata-se de uma capacidade que deverá aumentar 1380 milhões de metros cúbicos graças ao projecto de aumento do potencial de armazenamento, que deverá incluir a montagem de comportas.

A materialização da infraestruturas implica a transferência das 199 famílias, cujo Plano de Reassentamento entrou, hoje, na terceira fase de consulta pública.

O projecto, orçado em mais de 25 milhões de dólares financiados pelo Banco Mundial, visa aumentar a capacidade de abastecimento de água ao grande Maputo, irrigação, produção de energia, bem como reduzir o efeito das cheias e secas.

A produção do Plano de Reassentamento deve, ainda este mês, passar uma quarta ronda de consultas públicas.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos