O País – A verdade como notícia

OEM defende mais investimento nas estradas para garantir segurança de utentes

Em reação ao acidente de viação ocorrido em Maluana, distrito da Manhiça, o bastonário da Ordem dos Engenheiros de Moçambique (OEM) defende maior investimento nas estradas nacionais e a respectiva manutenção como garantia da segurança rodoviária.

É nas estradas nacionais onde, com frequência, há o registo dos mais trágicos acidentes de viação. O bastonário da Ordem dos Engenheiros de Moçambique, Ibraimo Remane, diz que, desde o princípio do ano 2000, há investimentos no sector de estrada, mas é preciso fazer mais e melhor para que as rodovias ofereçam segurança aos automobilistas.

“No que toca ao pavimento em si, já começa a necessitar de investimento, por exemplo a Estrada Matola – Namaacha (EN2) já precisa de uma grande reparação. E, por causa do número de buracos que apresenta, há carros que fogem da sua facha de rodagem, portanto é necessário um investimento maior e mais cuidado nesse aspecto. Quanto à EN1, há troços que estão razoáveis, mas há outros que estão em péssimas condições principalmente na zona de Zandamela que já precisa de intervenção, todavia é preciso que haja verbas para esse efeito.”

Ibraimo Remane defende a necessidade de maior responsabilização dos motoristas dos autocarros de passageiros. “Os motoristas dos transportes não respeitam a sinalização na estrada. Como disse, há ultrapassagens em subidas e em zonas de limites de velocidade e eles vão a 80, 100 a 120km/h, porque sabem que não serão responsabilizados. Portanto, há formas de se controlar o limite máximo de velocidade e não vamos pelo limite mínimo, mas sim pelo máximo, neste caso 100 km/h. Caso um transportador colectivo de passageiro ultrapasse essa velocidade, devia ser punido para que não ocorram acidentes iguais ao que houve na Machiça.”

A melhoria da sinalização e a respectiva iluminação são outros problemas urgentes a resolvê-los nas estradas, sobretudo a nacional número um.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos