O País – A verdade como notícia

O jornal O País completa, hoje, 16 anos de existência. Um aniversário que nos enche de orgulho pelo caminho percorrido e pela história que temos construído, com compromisso e inovação.

Desde a sua criação, O País tem trilhado um percurso ousado, rompendo padrões e recriando modelos de comunicação. Passou por diversas transformações gráficas, mas a linha editorial foi sempre imutável e isso é o que nos move e nos mantém focados em prol dos objectivos que definimos há 16 anos: informar com qualidade, tendo a verdade como princípio básico do trabalho jornalístico. Por essa razão, temos como slogan: “a verdade como notícia”.

Os anos passaram e o compromisso continua o mesmo e o espírito multimédia, que consagrou o Grupo SOICO como uma sociedade de referência internacional, continua intacto. Hoje é uma marca invicta que continua a inspirar os moçambicanos.

O País tem acompanhado as vicissitudes sociais e tecnológicas do mundo inteiro. Uma nova realidade em que a notícia é consumida ao ritmo da produção. Por isso, depois do primeiro aniversário, O Grupo Soico levou a marca O País para o digital, ao criar um site. Um produto no centro das nossas atenções, no qual sempre investimos para o tornar moderno e atractivo ao leitor. É uma plataforma com exposição e abrangência maior, que demanda mais rigor, pontualidade e responsabilidade.

O mundo mudou e jornal O País adaptou-se. A pandemia da COVID-19 acelerou a saída da tradicional publicação em papel e projectou-nos para um modelo de publicação 100% digital. Portanto, é um mal que veio para o bem, pois apressou a concretização de uma das estratégias de crescimento do jornal. Sempre soubemos que o digital é o caminho e é nesta atmosfera em que queremos continuar a inovar para caminharmos lado a lado com a nossa audiência.

Um jornal como o nosso não pode abster-se de ir ao encontro das pessoas. Antes pelo contrário, tem o dever de ser a voz dos que não têm voz. Tem o dever de imergir no presente, mas de olhos postos no futuro e saber antecipar-se às mudanças. É esta capacidade de darmos um passo à frente que nos fortalece quando o presente impõe transformações bruscas.

Somos resilientes, portanto gratos às adversidades, pois nos impelem para outros patamares de realizações. A nossa visão é trazer o futuro à realidade moçambicana e nunca nos deixarmos surpreender pelas novas linguagens informativas, típicas de um universo em crescimento supersónico.

Vivemos um contexto adverso. Entretanto, como nos referimos a 28 de Maio de 2020, vamos continuar a acompanhar o ritmo das vicissitudes sociais, políticas e culturais com eficiência e eficácia e, principalmente, com um trabalho que impacta positivamente na vida das pessoas.

Quando surgimos em 2005, éramos um semanário. Com o tempo, compreendemos que tínhamos de chegar às bancas diariamente. Aí conseguimos um feito histórico: tornámo-nos o primeiro matutino a cores em Moçambique. Hoje, 16 anos depois, somos o primeiro diário de publicação 100% digital.

Estamos ao nível dos grandes órgãos de comunicação social mundiais, graças a uma excelente equipa de colaboradores que se tem dedicado, dando tudo de si por acreditar no nosso projecto. Isso nos orgulha e a todos agradecemos.

O 16º aniversário do jornal O País, que hoje celebramos, também é um momento de olharmos para trás e reviver o que construímos com humildade e ambição. Estamos conscientes de que contribuímos para o desenvolvimento em Moçambique. O País consolidou um espaço de liberdade de imprensa e, sobretudo, de expressão. Sentimos que o jornal ampliou e impactou na consolidação do exercício da cidadania activa dos moçambicanos. Somos cada vez mais lidos, por isso vamos manter a confiança e a preferência dos leitores.

A todos que confiam, investem e ajudam o jornal O País a crescer, vão os nossos mais sentidos agradecimentos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos