O País – A verdade como notícia

O jornalismo deve adaptar-se aos tempos

O jornal O País completou, dia, 28, o seu 12º aniversário. Para celebrar a efeméride, como calha em vários anos, promove debates de interesse público sobre jornalismo e as novas tendências de difusão de informação.

Assim, reuniu, hoje, na Universidade Pedagógica, em Maputo, uma mesa redonda que inclui vários profissionais especializados na área da media.
Um dos oradores da sessão que decorre esta manhã é Jeremias Langa, Administrador do Grupo SOICO e jornalista de longa data.

Questionado sobre os desafios do jornalismo na era digital, Langa começou por lembrar que o mundo é feito de transformações. E as transformações sociais exigem ajustamento das pessoas. Logo, As redes sociais não vão substituir o jornalismo, porque é uma profissão com seus códigos. "O que se deve fazer é identificar prioridades e oportunidades. O jornalista não se deve excluir das redes, mas relacionar-se com a oferta digital", disse, frisando que, actualmente, há uma democratização da informação, que faz com que as pessoas decidam o que ver e quando ver. Por isso, ao invés  de se isolar, o jornalismo deve aderir o digital, o que passa por formação dos seus quadros.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos