O País – A verdade como notícia

Nyusi presta condolências a Ramaphosa pelas mortes causadas pelas chuvas em Kwa-Zulu Natal

Foto: GPR

Na sua mensagem, o Presidente da República, Filipe Nyusi, disse ter acompanhado, com profunda preocupação, a evolução da situação na sequência das chuvas torrenciais que têm caído na leste da província de Kwa-Zulu Natal que resultaram em cheias que causaram a perda de centenas de vidas humanas, deslocamento de pessoas e destruição de infra-estruturas económicas e sociais.

Segundo Nyusi, este evento extremo do estado de tempo evidencia os efeitos devastadores das mudanças climáticas que estão a provocar danos severos aos esforços do Governo da África do Sul de recuperar a economia, no contexto da pandemia da Covid-19.

“Neste momento de dor e desconforto, em nome do povo, do Governo da República de Moçambique e no meu próprio, gostaria de endereçar as nossas sentidas condolências a Vossa Excelência, ao Governo e ao Povo da República da África do Sul. A nossa solidariedade vai para as famílias directamente afectadas por esta tragédia sem paralelo”, manifestou o Chefe de Estado, acrescentando estar confiante que sob a sábia liderança de Cyril Ramaphosa, o povo e o Governo da África do Sul continuarão a mostrar resiliência e a recuperar-se desta calamidade natural.

“Esperamos, sinceramente, que encontrem o alento para superar a dor e o trauma causados pela tragédia”, declarou o Presidente da República.

Nyusi termina a sua missiva afirmando que, nestes momentos difíceis, Moçambique está do lado da África do Sul.

Em consequência da queda intensiva de chuva, cerca de 450 pessoas perderam a vida, das quais dois moçambicanos, 63 feridas e mais de 40 mil desabrigadas.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos