O País – A verdade como notícia

Nyusi pede membros e simpatizantes a não aderir provocações e violência em Gaza

Hoje o candidato da Frelimo iniciou a sua campanha eleitoral na província de Gaza onde durante três dias visita oito distritos de norte a sul daquela província que é um bastião da Frelimo. E porque nos últimos dias houve confrontações entre simpatizantes da Frelimo e do MDM Nyusi condenou a violência e pediu aos membros e simpatizantes da Frelimo para evitarem as provocações e confrontações com os adversários políticos.

Nyusi lembrou aos presentes no comício que orientou na vila de Mandlakazi que a Frelimo é um partido sério e responsável os seus membros e simpatizantes devem sempre esperar e deixar passar as caravanas dos outros partidos. Lembrou que Gaza é grande demais para os partidos quererem fazer campanha no mesmo sítio e andarem em pancadarias, pelo que aconselhou a todos que estão envolvidos em campanha para estarem sempre na defensiva e evitar que os outros provoquem e acabe em violência. Nyusi diz que a Frelimo deve vencer de forma limpa e categórica a eleição sem necessidade de se envolver em escaramuças. E que esse deve ser o foco de todos.

E porque hoje era o dia Internacional do Idoso, o candidato da Frelimo pediu aos jovens e adultos para respeitarem os idosos como reserva moral e bibliotecas vivas de uma sociedade. Condenou a violência contra eles e recordou o recente caso de Inhambane em que o idoso foi morto acusado de feitiçaria e pela morte de membros mais jovens da família. Nyusi questionou a todos como é possível uma pessoa ter filhos, criá-los e educá-los para depois comê-los quando ficarem crescidos, porquê não os comeu quando ainda eram crianças e com a carne mais tenra? Acusou os jovens que violentam os seus pais ou avós de pessoas que fumam suruma e depois põe culpa dos azares das suas vidas a idosos. E questionou ainda “porque eles só são feiticeiros quando velhos? E nunca quando crianças?”

Para Nyusi em muitos casos as pessoas recorrem a acusação de feitiçaria para fugir da responsabilidade de cuidar dos seus pais e ou avós. Por vezes alegam que sejam sujos e se for isso aconselha a comprarem roupa nova. Apontou que há pessoas que passam a noite a beber nas barracas mas não conseguem dar um quilo de arroz ou farinha aos seus próprios pais e ou avós.

Nos comícios que orientou em Xai-Xai, Mandlakazi e Chibuto falou das grandes obras implementadas pelo seu Governo nos últimos anos, nomeadamente a reabilitação das estradas danificadas pelas cheias de 2013, concretamente os troços Chongoene-Chibuto, Chissano-Chibuto, Chibuto-Guija-Chókwè-Macarretane. Mas também da conclusão da Estrada Cruzamento-Mandlakazi, a asfaltagem ruas daquela vila, bem como a construção da Estrada Mandlakazi-Macuácua e Mwadjahane. As obras do aeroporto de Chonguene em curso, bem como a reabilitação e expansão dos sistemas de abastecimento de água das vilas de Chibuto, Massingir e diversas localidades como a prova de que mesmo fustigado pelas calamidades, pela Guerra, pela crise financeira decorrente do corte de financiamento ao Orçamento do Estado pelos parceiros internacionais e pela descida do preço dos principais produtos de exportação, o seu Governo conseguiu garantir que o país não fosse à falência, pagasse salário aos funcionários públicos sem nunca falhar um mês sequer e ainda assim fazer investimentos para melhorar a vida dos moçambicanos.

Os esforços para garantir a paz no país é outro ganho importante e Nyusi diz que mesmo assim é para continuar a fazer de tudo para que ela prevaleça mas para o futuro é desenvolver iniciativas que possam gerar mais empregos para os moçambicanos.

Por outro lado, o incumbente prometeu ainda contruir uma Estrada alternativa à EN1 para evitar congestionamentos na cidade de Xai-Xai, continuar com a Estrada que liga Macuácua e Panda em Inhambane e ligar Massangena a Machaze em Manica por ponte sobre o rio Save.

Amanhã Nyusi trabalha nos distritos de Massangena, Chicualacuala e Chókwè onde deverá orientar comícios populares.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos