O País – A verdade como notícia

Nyusi manda prorrogar prazo de término da segunda dose da vacinação contra COVID-19

Chefe de Estado deu este sábado mais três dias para que os cidadãos que deveriam tomar segunda dose da vacina até dia 17 de Julho possam o fazer. Mas avisa: caso não vacinem, os imunizantes que deviam receber vão ser dados a outras pessoas, para que não haja desperdício.

No que podemos considerar uma “terceira chance”, o Presidente da República, Filipe Nyusi instruiu este fim-de-semana, sábado, ao Ministério da Saúde a prorrogar até terça-feira, a administração da segunda dose da vacina contra Covid-19 no país.

A segunda dose da segunda fase da campanha de vacinação contra a COVID-19 tinha o seu término previsto no dia 14 de Julho, mas, há dias, o prazo foi estendido para o dia 17, devido ao facto de que as metas previstas estavam aquem do desejado.

Mas porque, mais uma vez, as metas não foram atingidas, o Presidente da República anunciou em entrevista à Rádio Moçambique, que ordenou uma nova prorrogação dos prazos. “O que instruí ao Ministério da Saúde é que dê maior oportunidade aos que podem ir. No local de terminar no dia 17 que termine na terça-feira, dia 20 de Julho, para ver se conseguimos beneficiar mais gente. Vamos ponderar porque as vacinas ainda estão dentro do prazo”, disse Filipe Nyusi.

Prorrogam-se os prazos de vacinação, mas o mesmo não se pode fazer com a validade dos imunizantes, daí que o Chefe do Estado sugere que em casos de não adesão dos grupos-alvo, as vacinas sejam usadas para outros cidadãos, para evitar perdas. “Instrui o ministério para não deixar nenhuma vacina fora do prazo, porque nessas condições as vacinas têm de ser iliminadas, enquanto há moçambicanos que precisam dessas vacinas”, explicou o Chefe de Estado moçambicanos, acrescentando que é preciso “que se comesse imediantamente a imunizar outros moçambicanos”.

A terminar, Filipe Nyusi destacou ainda a necessidade de se valorizar os esforços do Governo na aquisição das vacinas contra a COVID-19.

Em todo o país, a previsão é que sejam imunizadas nesta segunda dose da campanha de vacinação contra a COVID-19 cerca de 250 mil pessoas.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos