O País – A verdade como notícia

Nyusi e Ramaphosa defendem aumento das relações comercias

Um dia depois de completar o primeiro mês na Presidência da Africa do Sul, Cyril Ramaphosa chegou à Maputo para conversações com o seu homólogo moçambicano, Filipe Nyusi. À porta-fecha, os dois estadistas falaram da cooperação bilateral.

O encontro terminou sem qualquer acordo, mas deixou a necessidade consolidar e acelerar o passo das relações económicas, aproveitando as potencialidades de lado a lado, para um desenvolvimento conjunto.

Já num encontro alargado aos ministros dos dois governos, as duas delegações passaram em revista o estágio da cooperação e traçaram o caminho que deve ser seguido para estreitar e consolidar a irmandade e a vizinhança em prol do desenvolvimento.

São perspectivas que deverão ser materializadas em novos acordo, a serem rubricados em breve, durante a III sessão da Comissão Binacional, que terá lugar na África do Sul.

A Comissão Binacional é uma forte plataforma que nos possibilita um engajamento para avançarmos com os interesses dos dois países. Essa Comissão Binacional deve ser utilizada, o quanto mais possível, para alavancarmos os interesses dos dois países.

Depois da curta estadia em Maputo, Ramaphosa partiu para o Zimbabwe, para dar continuidade ao seu périplo pelos países da SADC.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos