O País – A verdade como notícia

Número de casos da COVID-19 quadruplica em 24 horas em Cabo Verde

Cabo Verde registou o primeiro caso da covid-19 no dia 19 de Março. E nas semanas seguintes o país viveu uma lenta evolução de novos casos, sendo que até 11 de Abril tinha oito casos confirmados.

Entretanto esta quarta-feira, os casos de covid-19 quadruplicam. De 11, os casos positivos subiram para 56, em resultado da testagem de funcionários de um hotel na ilha da Boa Vista. 196 Pessoas foram testadas, tendo 45 dado positivo.
Dos restantes, 147 tiveram resultado negativo e quatro estão pendentes.

Esta quinta-feira, o país cumpre 19º dia, de 20 previstos, de estado de emergência para conter a pandemia, com a população obrigada ao dever geral de recolhimento, com limitações aos movimentos, empresas não essenciais fechadas e todas as ligações entre as ilhas e para o estrangeiro suspensas.

“As crianças tiveram as férias da páscoa antecipadas e também estão em casa. Portanto vive-se numa fase de isolamento social e há uma série de medidas que foram adoptadas pelas autoridades para que as pessoas cumpram também esta fase de isolamento social que é para conter ao máximo a propagação do vírus”, explicou a jornalista cabo Verdiana, Cris Morais, em declarações ao jornal O País.

E para conter a propagação do vírus, mesmo as famílias que buscam seu sustento diariamente tiveram de suspender as suas actividades. O Presidente Cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca comunica esta quinta-feira, a decisão sobre a prorrogação ou não do estado de emergência.

“Até 17 de Abril nós estamos em Estado de Emergência e, por exemplo, eu estava a ver hoje que no Senegal, aqui ao pé, o Estado de Emergência foi prolongado por mais 30 dias. Portanto não sabemos como é que a situação vai evoluir e mesmo a nível do ano lectivo como é que vai prosseguir”, questionou a jornalista, adiantando contudo que “a Ministra da Educação já adiantou vários cenários”.

O Ministério da Saúde local informou que os casos positivos da doença estão a ser devidamente acompanhados, assim como as respectivas redes de contactos.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos