O País – A verdade como notícia

Nove mortos em ataque suicida de carro-bomba na Somália

Nove pessoas morreram após explosão de um carro-bomba, que tinha como alvo um chefe de polícia, na capital da Somália, Mogadíscio, no sábado. O ataque foi revindicado pelo grupo extremista Al-Shabaab.

Segundo o porta-voz da polícia somali, Sadiiq Dudishe, citado pelo Africanews, o comissário de polícia, coronel Farhan Mohamud Qaroleh, foi declarado seguro. “O comissário está ileso, mas há outras baixas impostas pelo ataque”.

Kassim Ali Shire, testemunha ocular citada pelo Africanews, deu seu testemunho.

“Graças a Deus estou bem, meu irmão e eu estávamos dirigindo aqui nesta estrada quando o carro-bomba suicida bateu de perto, há muitas vítimas. Todos a bordo no nosso veículo sobreviveram, apenas meu irmão ficou ferido”.

Informações avançadas por um médico do Hospital Medina dão conta que o número de mortos e feridos reflectia apenas aos que foram levados para as instalações em Mogadíscio, onde ele trabalha.

O médico disse, igualmente, que “o número real de vítimas é, provavelmente, maior, já que foram levadas às pressas para outros hospitais, incluindo privados”.

O grupo Al-Shabaab, que está ligado à Al-Qaeda, luta para derrubar o governo federal da Somália desde 2007 e lança ataques frequentes contra as forças de segurança, bem como alvos do governo e civis.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos