O País – A verdade como notícia

Novas tarifas do transporte público de passageiros em discussão

Foto: O País

A Agência Metropolitana de Transportes de Maputo (AMT) e a Federação Moçambicana das Associações dos Transportadores Rodoviários (FEMATRO) estão a realizar encontros para discutir se as tarifas dos transportes vão ou não aumentar em Novembro.

A Federação Moçambicana das Associações dos Transportadores Rodoviários disse, esta semana, que poderá haver um reajuste no preço do transporte público face aos novos preços dos combustíveis. Esta quarta-feira, a Agência Metropolitana de Transportes de Maputo disse que estão a decorrer encontros com a FEMATRO para discutir o assunto.

“Nós temos consciência do que está a acontecer. A FEMATRO é um parceiro estratégico da Agência Metropolitana, trabalhamos juntos num conjunto de encontros para verificar essa matéria e acho que vão ter algumas notícias no princípio de Novembro”, disse.

E não são só os novos preços dos combustíveis que são apontados como a causa para a pretensão dos transportadores. “É preciso saber que não vamos aumentar porque o combustível aumentou; há factos concretos. Este é um aspecto, o outro aspecto é que os dados indicam que as tarifas já não são alteradas há cinco anos e, portanto, é preciso fazer actualização das tarifas, mas fazer dentro de um clima de responsabilidade. Temos que perceber todos os aspectos dessa actualização”, explicou António Matos, presidente da AMT.

A informação foi avançada à margem do lançamento da campanha para a realização do inquérito de mobilidade na zona urbana.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos