O País – A verdade como notícia

Novabase promete partilhar experiências na MozTech

A empresa de de tecnologias Novabase promete estar presente na 6ª edição da feira Moztech de forma activa e colaborativa para partilhar experiências, ouvir os participantes e parceiros como forma de definir caminhos melhores. A tecnológica Novabase é uma das participantes pioneiras da feira de tecnologias Moztech. A participar pela 6ª vez, este ano espera estar presente de forma diferente ou seja participar de forma colaborativa para partilhar experiências.

A directora geral da Novabase em Moçambique, Cláudia Cristóvão prometeu uma participação colaborativa no evento. “Este ano estaremos presentes de diferentes formas, desde a presença nas conferências trazendo oradores de diversas áreas, do Machine Learning ao Design, até às surpresas de realidade virtual que temos preparadas. No entanto, importa estarmos presentes de forma activa e colaborativa, partilhando experiência e know-how, mas sobretudo estarmos disponíveis para ouvir os nossos clientes, as outras entidades, os alunos, os restantes participantes, entendendo as vivências e opiniões, e decidindo em conjunto qual o melhor rumo e seguir”, disse.

Pela sua experiência, a Novabase avalia positivamente todas as anteriores edições, quer pela qualidade dos debates quer pela organização da própria feira. A tecnológica garantiu que as edições passadas da Moztech foram a garantia de qualidade e credibilidade do projeto, sustentado na variedade e experiência dos oradores e na organização da própria feira.

“A Novabase está presente desde o primeiro momento, ajudando a Moztech no seu projeto inovador e na promoção das diversas iniciativas, antes, durante e após a feira, dinamizando o mercado moçambicano das Tecnologias de Informação” destacou.

A 6ª edição da feira Moztech vai promover um debate em torno da ‘’Transformação digital: Os desafios da nova era’’, que para a Novabase é um tema abrangente e importante. Para a empresa, o tema deste ano é de extrema importância para os participantes, e parceiros, empresas e cidadãos de Moçambique. Pensar no futuro, nos desafios, constrangimentos e metas esperadas, é fundamental para perspectivar a nova era e melhorar o que se faz hoje.

“O tema transformação digital, o pensar novas formas de fazer negócios, pode trazer a África e a Moçambique em particular, uma oportunidade de diminuir as diferenças para os países mais desenvolvidos, uma vez que não há necessidade de investimentos massivos em infraestruturas” realçou.

Segundo a Novabase, nesta edição da Moztech, a preocupação com o crescimento inclusivo, refletido na discussão do papel da mulher na nova era, demonstra que as tecnologias diminuem barreiras, sociais e culturais, e que podem tornar a sociedade mais equilibrada.

“A nossa participação principal este ano é no painel da Inclusão Digital: O papel da mulher na era digital, onde contaremos com a nossa executive director, Carmo Palma. Sobre este tema, a Novabase Moçambique conta com um universo de 50% de homens e 50% de mulheres no total”.

A Novabase é uma uma empresa de tecnologia e sistemas de informação, cotada na bolsa de Lisboa e constituída por mais de 2000 colaboradores e vários escritórios espalhados por África, Europa e Médio Oriente. Moçambique é o maior escritório do grupo em África e   conta com um universo de 50% de homens e 50% de mulheres.

NOVABASE E SUA ACTUAÇÃO

A Novabase é a maior empresa Portuguesa de TIC, cotada em bolsa e constituída por mais de 2000 colaboradores e vários escritórios espalhados por África, Europa e Médio Oriente.
A Novabase tem consolidado a sua presença em Moçambique e é hoje considerada pelos clientes e parceiros como uma das empresas de referência em Sistemas de Informação no país.

O seu objectivo tem sido a dinamização das TIC em Moçambique, promovendo o emprego nacional e participando em projetos de muito relevo para a sociedade atual. Tem trabalhado sobretudo com grandes clientes do sector público, por exemplo na operação do Censos Moçambique ou na informatização dos impostos, mas também com clientes no setor privado da banca e telecomunicações.

Moçambique ainda precisa de dar passos largos a nível tecnológico, sendo que as TIC’S promovem o desenvolvimento económico e social. A Novabase, com os seus projetos e iniciativas, tem tentando colmatar este desvio e tornar o processo de aprendizagem mais rápido e mais fácil.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos