O País – A verdade como notícia

Nova estrela do soul africano em Maputo

A cantora e compositora da Eswatini, Symphony, que é a nova estrela do soul africano, irá actuar este final de semana, pela primeira vez, em Maputo.

Antes de abraçar o soul Symphony começou por cantar música gospel ritmo que a inspirou e determinou a sua inserção na música.

É com o objectivo de emponderar as mulheres e lutar para o respeito dos direitos das crianças e de pessoas com necessidades especiais, sobretudo mulheres que Symphony projecta sua voz para o mundo. Estas são as principais mensagens que a sua música veicula, e que vem partilhar com o público moçambicano.

A cantora vai aproveitar a sua vinda a Maputo para divulgar o seu álbum de estreia intitulado “Sengikhona”, que significa (estou aqui), trata-se de um trabalho discográfico bem recebido no seu país e no mundo.

Symphony diz que a sua marca como artista segue a autoconsciência, encorajamento e capacitação, e “é sobre isso que a minha música versa”, concorda.

Na edição 2018/2019 do Eswatini MTN SWAMA, Symphony sagrou-se vencedora, na categoria Artista Feminina do ano e, recentemente, tornou-se Embaixadora da MTN da Eswatini. Em sua carreira de rápido crescimento, ela dividiu o palco com grandes músicos como Lira, Freshly Ground, Jonas Ngwangwa, Khaya Mthethwa, Mahhotela Queens e participantes do Eurovisão, em 2018, na Europa.

Os concertos terão lugar no Café Jazz Spoon, sexta-feira, na Matola, e sábado no Backroom, na cidade de Maputo.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos