O País – A verdade como notícia

Nova companhia aérea já opera nas rotas domésticas do país

Acaba de desembarcar na Beira o primeiro voo da nova companhia que opera no espaço nacional. Chama-se Fastjet e entra nas rotas domésticas do país com destinos de Maputo-Beira, Maputo-Tete e Maputo-Nampula (vice-versa para todos destinos).

A companhia aérea inicia suas operações numa altura em que as autoridades abrem espaço para novos operadores, dada a incapacidade de satisfazer a demanda pela companhia que detinha o monopólio das rotas nacionais regulares, Linhas Aéreas de Moçambique. A Fastjet entra no mercado com preços relativamente baixos, a partir de 5,299 meticais.

A nova companhia passa operar nove vezes por semana de Maputo para Beira e vice-versa, sete vezes por semana de Maputo a Nampula (vice-versa) e 4 vezes por semana de Maputo-Tete e vice-versa.
No voo inaugural, que levou 50 passageiros convidados da capital, a aeronave levou uma hora e 20 minutos de percurso. A Fastjet é uma companhia oriunda do Reino Unido, mas que já vinha operando no mercado internacional, com destaque para África do Sul, Zimbabwe, entre outros países.

Em Moçambique, a companhia entra por via de uma parceria com a Solenta Aviation Mozambique, companhia que já operava de forma não regular nas rotas nacionais.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos