O País – A verdade como notícia

Nigéria novamente no trilho de Moçambique

Moçambique está inserido no grupo “B” do Campeonato Africano de Basquetebol sénior Feminino juntamente com a Nigéria, o vencedor das eliminatórias da zona 6, a ser encontrado entre os dias 8 a 23 de Agosto, em Luanda, Angola. O “Afrobasket 2021” irá realizar-se de 16 a 27 de Setembro, em Yaoundé, Camarões.

É, seguramente, o “grupo da morte”. Não fosse a Nigéria a melhor equipa africana da actualidade, tendo, de resto, assegurado a qualificação aos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 à custa de Moçambique.

Estes são os números com os quais as nigerianas superaram as “samurais” no torneio pré-olímpico da Sérvia (85-51), tornando-se no único representante de África no torneio feminino de basquetebol do maior evento desportivo do planeta.

As  “D’ Tigress” somaram três derrotas em igual número de jogos nas olimpíadas diante dos EUA (81-72), França (87-62) e Japão (102-83)

Mas esta não foi a única vez que as nigerianas colocaram Moçambique fora da rota dos Jogos Olímpicos, até porque em 2003, no pavilhão do Maxaquene, venceram as moçambicanas na final do “Afrobasket” e qualificaram-se para as olimpíadas de Atenas 2004.

O segundo adversário de Moçambique no grupo “B” vai sair das eliminatórias da zona 6 a realizarem-se em Agosto, em Luanda. Fazem parte desta fase de grupos as selecções nacionais de Angola, Botswana e Zimbabwe

E, olhando para o seu historial, Angola (que conquistou a prova em 2011 e 2013) é claramente favorita a vencer esta fase de apuramento e completar o quadro do grupo mais forte do Campeonato Africano de Basquetebol sénior feminino.

Quarta classificada no “Afrobasket” 2019, em Dakar, Senegal, Moçambique assegurou o apuramento directo para a edição deste ano, em Setembro, nos Camarões.

Os primeiros classificados dos quatro grupos asseguram a qualificação para os quartos-de-final, enquanto os conjuntos que ocuparem o segundo e terceiro lugares disputam o apuramento para esta a eliminar.

Os vencedores dos quartos-de-final apuram-se para às “meias”, enquanto as formações que caírem nesta fase defrontam-se nas classificativas do 5.º ao 8.º lugar.

Os jogos de atribuição do terceiro lugar e a final realizam-se no último dia de competição (26 de Setembro).

Os jogos do “Afrobasket” feminino 2021 serão realizados no Complexo Multiesportivo Yaoundé, na capital de Camarões, de 17 a 26 de Setembro

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos