O País – A verdade como notícia

Nigéria fecha todas as escolas em dois Estados devido ao aumento de sequestros

Foto: Africanews

Quatro Governos provinciais no norte e centro da Nigéria impuseram uma série de restrições aos residentes em tentativa de impedir os sequestros em massa e outros crimes violentos que assolam a região. Dentre as medidas anunciadas, consta o encerramento de todas escolas de dois Estados do país.

Grupos criminosos conhecidos localmente como “bandidos” aterrorizam as comunidades locais há anos, mas as forças de segurança têm lutado, nos últimos dias, para conter o agravamento da violência.

“A partir da quarta-feira, os mercados de gado estão suspensos no Estado do Níger”, disse o porta-voz do Governo local, Ahmed Matane, citado pelo Africanews.

Nenhum detalhe foi fornecido para explicar a escolha das medidas, mas o facto é que os criminosos da região costumam usar motocicletas e envolver-se no roubo de gado.

“Todos os postos de gasolina não devem vender mais de 10.000 nairas (cerca de US $ 20) para cada veículo de cada vez e devem ser cautelosos com a vinda de veículos ou motocicletas para compras repetidas”, acrescentou Matane, citado pelo Africanews.

O responsável disse, ainda, que carregar três pessoas em uma motocicleta “agora é ilegal”, e o transporte de gado por caminhão para outras partes do país é restrito.

As autoridades disseram estar “cientes dos inconvenientes”, mas acrescentaram que as medidas são necessárias para livrar o Estado da “carnificina e caos” causados ​​por “bandidos”.

Um toque de recolher nocturno para mototáxis e triciclos também está em vigor em vários locais.

Medidas semelhantes foram anunciadas nos últimos dias nos Estados próximos de Katsina, Kaduna e Zamfara.

Em Kaduna, as autoridades também proibiram o corte de árvores em alguns locais, por medo de que madeireiros colaborassem com “bandidos”.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos