O País – A verdade como notícia

Nigéria chama nove campeãs africanas para pré-olímpico em Maputo

O seleccionador nacional de basquetebol da Nigéria, Otis Hughley, já anunciou as 12 atletas que irão disputar, de 14 a 18 de Novembro, em Maputo, o torneio pré -olímpico feminino.

As campeãs africanas vem a Maputo com nove das 12 atletas que conquistaram, em Agosto, em Dakar, Senegal, o Afrobasket-2019.
Trata-se de Ezinne Kalu, MVP, Adaora Elonu, capitã, Evelyn Akhator, Promise Amukamara, Aisha Balarabe, Ify Ibekwe, Sarah Imovbioh, Victoria Macaulay e Atonye Nyingifa.

Seriamente apostada em passear a sua classe no pavilhão do Maxaquene, a Nigéria chamou ainda para esta competição Upe Atosu, atleta que jogou pela última vez nas D' Tigress em 2017, em Bamako, Mali.

Hughley convocou ainda Elizabeth Balogun, atleta que evolui na Universidade de Louisville e foi nomeada melhor “rookie” da Conferência da Costa Atlântica do ano quando jogou na Georgia Tech University.

Balogun, de 19 anos, faz a sua estreia internacional, assim como a talentosa poste  Kunnayi-Akpannah, que falhou  o Afrobasket 2019.

As nigerianas irão desembarcar em Maputo no dia 9 de Novembro, sendo que a sua estreia está marcada para 14 de Novembro diante da República Democrática do Congo.

Já no dia 16, as campeãs africanas batem-se com Moçambique. No grupo “B”, estão as selecções nacionais de Angola, Mali e Senegal.
Nesta prova, as duas melhores equipas de cada grupo avançarão para as meias-finais, com o vencedor do grupo “A” a bater-se com o segundo do “B”.

O primeiro classificado do grupo “B” mede forças com o segundo do grupo “A”. Os dois vencedores nas meias-finais passam para o WOQT, prova que movimentará de 16 países.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos