O País – A verdade como notícia

Neutralizados 19 imigrantes paquistaneses clandestinos na Zambézia 

As autoridades migratórias da Zambézia neutralizam 19 imigrantes clandestinos de nacionalidade paquistanesa. A neutralização ocorreu concretamente na localidade de Munhonha, distrito de Nicoadala, na passada sexta-feira quando seguiam em direção a Maputo por via de um autocarro.

Reginaldo Massorongo, chefe das relações públicas no Serviço Provincial de Migração na Zambézia, explicou que nenhum daqueles imigrantes apresenta documento migratório, um processo que visa controlar a entrada e saída de cidadãos estrangeiros no território nacional.

Já o motorista do autocarro diz que não sabia se os imigrantes estavam ou não legais no país, mas refere que terá sido informado que cada um deles tinha o seu passaporte.

Segundo explicou, o grupo foi abordado no distrito de Mocuba na passada sexta-feira por um cidadão, que pretendia transporte para aqueles paquistaneses. “Estando, nós, a sair da província de Nampula com um carro quase vazio, precisávamos de passageiros. Aceitámos carregar com o destino a Maputo, porque tínhamos a certeza que os senhores eram portadores dos seus passaportes” disse José António motorista do autocarro.

Caso seja provado que os imigrantes não teriam entrado em Moçambique por vias legais, serão repatriados para o país de origem.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos