O País – A verdade como notícia

“Nenhuma pedra sai da FMF”, garante Hilário Madeira

O secretário-geral da Federação Moçambicana de Futebol diz que nenhuma pedra será retirada no órgão. Em reacção às queixas do seleccionador nacional de futebol, Hilário Madeira considera que houve um mal-entendido e já está ultrapassado.

Horácio Gonçalves apareceu na quarta-feira para fazer soar o alarme na Federação Moçambicana de futebol. O técnico português ao serviço da selecção nacional disse há pedras no organismo que inviabilizam o seu trabalho e que precisam urgentemente serem retiradas.

Esta sexta-feira, o secretário-geral do órgão máximo que superintende o futebol nacional veio explicar-se. Hilário Madeira diz entender o descontentamento do técnico, mas faz parte de “águas do passado”.

“Ficamos surpreendidos com o discurso do mister porque em nenhum momento nos abordou antes sobre o assunto. Tratou-se de um mal-entendido a nível interno, mas já está ultrapassado”, garantiu Madeira.

Na sua entrevista, Horácio Gonçalves foi categórico. Ou se retiram as pedras ou ele não tem perfil de treinador da selecção. Sobre este assunto, Hilário Madeira diz que não há pedra nenhuma a retirar.

“Acho que não há necessidade de retirar pessoas ou pedras. Estamos todos alinhados, trabalhamos todos para o bem da selecção nacional e todos queremos bons resultados”.

Lembre-se que Horácio Gonçalves chegou à selecção nacional há um mês e meio, depois de ter deixado o Costa do sol.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos