O País – A verdade como notícia

“Não basta se recensear, é preciso participar no dia da votação”

Dois dias depois do início do recenseamento eleitoral, a Presidente da Assembleia da República, Verónica Macamo, foi esta quarta-feira à Escola Secundária da Polana para fazer o seu registo. Após ser recebida pelo presidente da Comissão Nacional de Eleições Verónica e outros membros dos órgãos eleitorais, dirigiu-se à sala de recenseamento onde recebeu e seguiu as instruções dos técnicos e, em menos de 10 minutos, já exibia o seu cartão de eleitor.

Um poderoso instrumento que tem sido pouco explorado em Moçambique, a avaliar pelos elevados níveis de abstenção nos processos eleitorais.

Verónica Macamo defende que é preciso educar os moçambicanos para que saibam que é seu dever votar e influenciar a escolha de dirigentes políticos. Para Verónica não basta se recensear, é preciso participar no dia da votação.

Para reduzir os custos com o recenseamento em cada pleito eleitoral, a Presidente da Assembleia da República sugeriu a ideia de um documento único e válido para todos os processos eleitorais.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos