O País – A verdade como notícia

Nampula já registou 21 incêndios este ano

Na província de Nampula o curto-circuito é a principal causa dos incêndios nas residências ou estabelecimentos públicos e de lazer. Especialistas apontam para deficiência nas instalações eléctricas e falta de vistoria periódica. Só este ano, a província soma 21 incêndios registados.

Em Outubro de 2018, chamas de grandes proporções consumiram um restaurante na periferia da cidade de Nampula. No calor dos acontecimentos, já se aventava as prováveis causas, que viriam a ser confirmadas depois.

Em Abril deste ano, o Cantinho da Pizza ardeu, no centro da cidade, deixando um grande prejuízo. Neste momento acertam-se os detalhes para a reabertura. Entretanto, no rescaldo daquele incidente fica marcada uma causa.
Dois meses depois, precisamente no último fim-de-semana, um outro estabelecimento de restauração pegou fogo, nos mesmos moldes.

São coincidências que na opinião comum podem ser estranhas, mas para quem entende de electrotecnia há leituras importantes que podem ser feitas.

O que se vê igualmente no dia-a-dia, é a incapacidade dos bombeiros para debelar as chamas.

O corpo de salvação pública olha o assunto de outro ponto de vista e diz que a culpa é da população que demora comunicar e fala especificamente do último incêndio.

Na cidade de Nampula, existem 5 carros de combate aos incêndios com capacidade para 6 mil litros cada.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos