O País – A verdade como notícia

Nampula foi a cidade mais cara do país entre Outubro e Novembro

O custo de vida em Moçambique registou um agravamento em Novembro, face ao mês anterior. Neste período, a cidade de Nampula foi a mais cara do país, indica o Instituto Nacional de Estatística.
 
Com a quadra festiva à porta, os preços dos principais produtos básicos começam a registar subida nas principais cidades moçambicanas. Depois de um comportamento de desaceleração ao longo dos primeiros 10 meses deste ano, Novembro mostrou uma tendência contrária nos preços.
 
De acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística, no mês passado os preços registaram uma subida de 0,27 por cento, mais 20 pontos percentuais em relação a Outubro.
 
Desagregando a inflação mensal por produto, destaca-se a subida dos preços do tomate, de peixe fresco, das refeições fora de casa, do coco, do detergente em pó e do arroz, que em conjunto concorreram para uma contribuição no total da inflação mensal de cerca de 0,30 pontos percentuais positivos.
 
Já o custo de vida por cidade, o INE refere que Nampula foi a mais cara do país, seguida da Beira e Maputo.
 
Em termos acumulados, ou seja, de Janeiro a Novembro deste ano, o país registou uma subida de preços na ordem de 3,14%, abaixo dos 4,5% do igual período de 2017.
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos