O País – A verdade como notícia

Município de Pemba corta subsídio aos membros da Assembleia Municipal

O Conselho Autárquico de Pemba, cortou alguns subsídios aos membros da Assembleia Municipal, sem prévia informação.

O Edil de Pemba, desmente todas reclamações dos membros da Assembleia Municipal, que também queixam-se de atrasos sistemáticos de salários.

Fundos para o funcionamento das bancadas, subsídios de assistência médica e medicamentosa, de transporte e de comunicações, são alguns cortes que supostamente foram feitos pelo Conselho Autárquico de Pemba, aos membros da Assembleia Municipal.

Os membros que denunciaram o caso em anonimato, estão agastados com a situação, que supostamente está a dificultar a execução de trabalhos.

Para esclarecer a situação, a nossa reportagem, teve uma entrevista com o edil de Pemba, Florete Motarua, que desmentiu as reclamações dos membros da Assembleia Municipal.

Além de negar o corte de subsídios, Florete Motarua, também desmentiu sobre os atrasos sistemáticos de salários dos membros.

Segundo os denunciantes, o fundo de funcionamento das bancadas na Assembleia Municipal, não é desembolsado desde que iniciou o presente mandato, em Fevereiro deste ano, enquanto que os subsídios de Transporte e comunicações, deixaram de ser pagos em Julho último, logo depois da aprovação de um novo regimento do órgão.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos