O País – A verdade como notícia

Munícipes de Marracuene reclamam de venda e usurpação ilegal de terrenos

As invasões de propriedades e venda de terrenos, nas comunidades de Fafetine e Inguelane, no distrito de Marracuene, remontam desde 2014. Segundo consta, a acção é protagonizada por um grupo de indivíduos provenientes de outras regiões circunvizinhas, do distrito de Marracuene, em conexão com alguns nativos e estruturas locais.

Sem avançar com nomes dos invasores, os residentes falam até de mortes, resultantes da disputa de espaços.

O caso já foi remetido ao governo do distrito assim como a algumas instituições de justiça.

Contactamos o administrador daquele distrito que reconheceu a existência destes casos, no entanto alega que as autoridades já estão a agir contra todos os prevaricadores. A título de exemplo o distrito já iniciou com o processo de demolição de algumas infra-estruturas construídas ilegalmente.

Na próxima terça-feira está marcada uma reunião entre as comunidades e o administrador do distrito de Marracuene.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos