O País – A verdade como notícia

Munícipes de Maputo apelam para o aperto de medidas restritivas da COVID-19

Cidadãos ouvidos pelo “O País”, no âmbito da comunicação à Nação que o Presidente da República fará hoje às 20h, defendem que Filipe Nyusi deve apertar ainda mais as restrições para conter a propagação da COVID-19 no país.

O mês de Julho começou em alerta de risco no país e a preocupação por conta do aumento de casos chega de todos os lados.

“Apertar mais o cerco, posso dizer assim. Porque há pessoas que não usam ou usam incorrectamente as máscaras. Estão por aí a vender bebidas alcoólicas de qualquer maneira; ele tem de apertar mais o cerco”, afirmou Elias Muriano.

Nesta terceira vaga, cujos efeitos não têm precedentes, algumas escolas relatam casos de infecção pelo vírus. Com isso, alguns munícipes apelam para a suspensão de aulas presenciais.

“Já que os casos aumentam nas escolas, devem ser encerradas para se evitar a contaminação massiva de alunos, professores e outros agentes”, defendeu Juvêncio Joaquim, cuja ideia foi secundada por um outro cidadão, Lélio Maricoa: “as escolas devem fechar por completo”.

Ademais, os cidadãos são unânimes em afirmar que deve haver rigorosidade na fiscalização das medidas e punição daqueles que as violam.

“Podia-se activar a polícia e, se as violações continuarem, devem-se activar os militares também”, apontou Juvêncio Joaquim.

O país está sob efeito da terceira vaga da COVID-19, influenciada pela variante Delta, considerada mais infecciosa e mortífera e, como exemplo disso, os casos têm aumentado drasticamente. Hoje, o Chefe de Estado poderá agravar as medidas restritivas.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos