O País – A verdade como notícia

Mundo de vidro!

Por: Anselmo Dinis

 

É muito lindo ter alguém especial! É lindo, ainda mais, ter alguém para amar e nos amar, aliás, com quem dividir o mar.

Mas, afinal, o que é amar para os dias que passam?

Nem mesmo eu sei, mas posso tentar explicar: amar é não falhar, não cometer erros, é caminhar num caminho que, para além de turbulento, é limpo e cheio de rosas saborosas. É fazer, sempre, o melhor com o melhor que se pode ter. É saber perdoar sem nunca ter ouvido “perdão”. Amar é como o vidro que deve, sempre, ser protegido de um vilão qualquer. É ser servido e servir ao garçonete também. É o reflexo da liberdade que se faz entre os Homens. É simples e complexo quando se quer.

Mas e o mundo de hoje, MUNDO DE VIDRO?

Desculpe, não disse NADA. Devo estar, apenas, comovido com esta data. A sério, não é isso que quis dizer. Queria só escrever alguma coisa sobre o dia da mulher. Se foi fácil? – não sei. Afinal, é o 7 de Abril que, num ano, se fecha com altas despesas e, no outro, se abre com mechas e cervejas. Então, vê se ame quem te ama, te amou, te amará, valorize quem te valoriza, te valorizou, te valorizará, perdoe quem te perdoa, te perdoou, te perdoará, pense em quem te pensa, te pensou e te pensará. Não valorize o presente, pois serve só para aquele instante – o hoje, não valorize o futuro, pois é imaturo, ora nem sabemos se chegamos lá, valorize o passado porque é o que calçamos, pedalamos, nele escorregamos e nos levantamos até chegarmos aqui onde estamos.

 

Mais não disse, FELIZ DIA.

 

07.04.2022

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos