O País – A verdade como notícia

Multidão aguarda arranque da investidura de Hichilema no Estádio dos Heróis em Lusaka

Os zambianos aguardam com muita expectativa a investidura de Hakainde Hichilema, como sétimo Presidente do país. O Estádio dos Heróis, com capacidade para 50 mil pessoas, está praticamente cheio, e há milhares de pessoas fora à espera de uma oportunidade para assistir ao evento, que é para muitos considerado de viragem.

A Polícia, nos seus diversos ramos e até militares ocuparam as vias e as redondezas do estádio para garantir a segurança na cerimónia. Até este momento, os Chefes de Estado e do Governo convidados ainda não chegaram ao local.

Apesar de a Polícia ser rigorosa na questão da prevenção da COVID-19, são muitos os zambianos que estão a ignorar as medidas exigidas pelas autoridades. Nas bancadas, o distanciamento físico é quase impossível observar.

Até à última indicação, Filipe Nyusi já havia chegado àquele país para participar da investidura. Além do Chefe de Estado moçambicano, estarão os presidentes da África do Sul, Botswana, Quénia, Malawi, entre outros.

 

FILIPE NYUSI JÁ ESTÁ NO ESTÁDIO DOS HERÓIS

O Presidente da República, Filipe Nyusi, já se encontra no local onde irá acontecer a investidura de Hakainde Hichilema. A sua chegada foi saudada pelos zambianos que lotaram o Estádio dos Heróis.

Depois da chegada do Presidente moçambicano, seguiu-se a entrada de Lazarus Chakwera, Presidente em Exercício da SADC.

 

VICE-PRESIDENTE MUTALE NALUMANGO JÁ NO ESTÁDIO DOS HERÓIS

O número dois de Hakainde Hichilema, Mutale Nalumango, já se encontra no Estádio dos Heróis. A sua chegada foi marcada por uma saudação emotiva dos presentes. Trata-se da segunda vez em que aquele país elege uma mulher como Vice-Presidente. Já chegaram também os presidentes da África do Sul, Tanzânia, Botswana, Vice-Presidente de Angola e demais personalidades.

 

HICHILEMA PROMETE UMA NOVA ZÂMBIA LIVRE DA CORRUPÇÃO E MAIS TOLERANTE

Hakainde Hichilema já é oficialmente Presidente da Zâmbia. Perante milhares de pessoas que acorreram ao Estádio dos Heróis, Hichilema jurou servir com toda a sua dedicação o povo zambiano.

Depois do seu juramento, seguiu-se ao de Mutale Nalumango, a segunda Vice-Presidente na história do país.

No seu discurso, Hichilema dedicou a sua vitória aos zambianos, destacando que “esta vitória não é minha, mas de todos os zambianos, principalmente da juventude que depositou confiança em mim e no meu partido”, destacou, tendo avançado que “o povo decidiu que é o momento da mudança, e a mudança começa agora. Vamos cumprir as nossas promessas, principalmente de fazer crescer a nossa economia, respeitar os direitos humanos, respeitar as instituições e garantir a paz entre as diversas forças vivas da Zâmbia.”

O Presidente eleito defendeu que, na nova governação, “não há espaço para a violência” e convidou todos os zambianos, inclusive os partidos, a juntarem-se a si e à sua equipa para garantir um país próspero. Convidou as igrejas e entidades tradicionais para garantir o progresso da sociedade.

Noutro desenvolvimento, declarou tolerância zero à corrupção e prometeu lutar para reduzir a pobreza no país.

 

1

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos