O País – A verdade como notícia

Mulher acusada de deitar feto na latrina

O bairro Mudzingadzi, arredores da cidade de Chimoio, acordou agitado, hoje, depois de os moradores terem achado um feto, aparentando seis meses de vida, no interior de uma latrina. A Polícia localizou a indiciada numa das residências vizinhas. Isabel José, mãe de quatro filhos, conta que optou por abortar e atirar o feto à latrina, no último Domingo, porque o seu parceiro recusou assumir responsabilidade da gravidez.

A Polícia da segunda esquadra em Chimoio, já legalizou a detenção de Isabel José, enquanto decorrem procedimentos legais com vista a sua responsabilização pelo crime.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos