O País – A verdade como notícia

Mulémbwè defende que este será um congresso de viragem

Eduardo Mulémbwè defende que o XI Congresso da Frelimo não será mais um evento. Longe disso, o antigo Presidente da Assembleia da República, militante do partido no poder, quer que se tire maior valor do encontro que une os “camaradas” para discutir assuntos de interesse nacional. “Cada congresso tem sua etapa e este vai marcar mais essa etapa da busca do progresso e da melhoria das condições de vida do povo moçambicano. Este será um congresso de viragem na busca da paz definitiva para o país, de modo a enlevar Moçambique para outros níveis”, disse Mulembwé.

Na mesma ordem de ideias, pronunciou-se Luísa Diogo. Para antiga governante, a liderança de Filipe Nyusi não deixa dúvidas que a Frelimo vai resolver os principais problemas do país. Aliás, Diogo acrescenta a sua confiança no presidente do partido, destacando que o país está a fazer um trabalho excepcional rumo à recuperação da economia nacional, “por isso, finalmente, temos cada vez mais uma luz no fundo do túnel e a confiança que nos faz perseguir essa luz”.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos