O País – A verdade como notícia

M’tumuke quer maior cooperação com Zimbabwe para consolidar paz

Responsáveis da defesa nacional e do Zimbabwe estiveram reunidos, ontem, em Bilene, província de Gaza, para discutir o reforço da segurança entre os dois países. Atanásio M’tumuke, ministro da Defesa Nacional, destacou que só com o reforço da cooperação entre os dois países da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) é que é possível garantir a paz e estabilidade.

“O sector da defesa e segurança da SADC foi chamado a prestar o seu papel determinante na implementação de reformas para a restauração da paz, segurança e estabilidade no reino do Lesotho, manchado pelo assassinato do tenente coronel Koatle Motsomotsomo, comandante das forças de defesa, ocorrido no dia 5 de Setembro de 2017. Estes acontecimentos, que afectam a estabilidade regional, reiteram a necessidade de melhorar a conjugação de sinergias no sector da defesa e segurança a nível bilateral, incrementando a confiança entre os Estados e a coordenação de acções pelo órgão da SADC para a cooperação nas áreas de política, defesa e segurança”, disse M’tumuke.

Por sua vez, o ministro do Estado para a Segurança do Zimbabwe, Kembo Mohadi, alertou que os dois países e a região da SADC, em geral, precisam de estar atentos às ameaças de malfeitores, que recorrem às tecnologias de informação e comunicação para orquestrar tentativas de mudança de regime.

O governante zimbabweano saudou, por outro lado, as negociações que decorrem entre o Governo e a Renamo para o alcance da paz efectiva.

A sessão da comissão permanente de defesa de Moçambique e Zimbabwe destaca a formação militar como um dos pontos a ter em conta para a estabilidade dos países e decidiu que deve haver maior combate à pilhagem de recursos minerais e cooperação na transferência de condenados.

A décima sessão da comissão conjunta permanente, que visava discutir a defesa e segurança de Moçambique e Zimbabwe, decorre um mês depois de Mocímboa da Praia, em Cabo Delgado, ter sofrido ataques por desconhecidos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos