O País – A verdade como notícia

Mozal doa quatro ventiladores para combater COVID-19

Mozal doou quatro ventiladores avaliados em 5.4 milhões de meticais ao Conselho Provincial de representação de Estado da província de Maputo. Trata-se de um contributo para combater a COVID-19. O apoio chega numa altura em que a província de Maputo regista 289 casos positivos da COVID-19.

Foram apresentados no Conselho Provincial de representação do Estado componentes dos ventiladores que depois de montados por técnicos especializados ganham forma e funcionam como pulmão artificial para ajudar a respirar a um paciente que padeça da COVID-19 que esteja com dificuldades de respirar.

A Mozal empresa que se dedica a produção de alumínio em Moçambique, baseada no Distrito da Boane província de Maputo doa ventiladores no âmbito do plano de resposta à COVID-19 assente em três pilares designadamente, garantir a segurança e o bem-estar dos seus colaboradores, apoio as comunidades e manter uma continuidade sustentável das suas operações. Gil Cumaio Director de Assuntos Corporativos da Mozal falou para o Jornal O Pais a cerca da doação.

“Foi no contexto desta pandemia que se identificou todas as necessidades para o combater a COVID-19 e a Mozal organizou-se para apoiar os esforços do governo no combate à COVID-19, então na sequência deste apoio no mês passado houve outra doação que era equipamentos de proteção para os profissionais de saúde mas neste momento a nossa contribuição é constituído em quatro ventiladores que serão úteis nos centros de isolamento para ajudar aqueles doentes que por si não conseguem respirar”.

A Província de Maputo tem 289 casos activos da COVID-19, 63 casos recuperados e até ao momento não há nenhum óbito ou internamento segundo as autoridades. E os vendedores vão reforçar a capacidade de resposta a pandemia do novo Coronavírus, segundo disse Vitoria Diogo Secretaria de Estado da Província de Maputo.

“E este equipamento vai sem dúvidas reforçar significativamente a nossa capacidade de resposta na componente tratamento da pandemia COVID-19 na nossa província, porque continuamos numa situação delicada temos estados e devemos aprimorar a nossa resposta provincial”.

A Mozal reafirmou ainda o compromisso de participação activa no bem-estar das comunidades, juntando-se aos esforços do Governo e outros parceiros no combate a pandemia da COVID-19.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos