O País – A verdade como notícia

MOZABAND participa da 10a edição da semana cultural da China

Uma delegação de músicos moçambicanos, pertencentes ao projecto MOZABAND, irá representar Moçambique na 10a edição da Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa e no 21º Festival da Lusofonia. O grupo MOZABAND será representado por Stewart Sukuma, Roberto Chitsondzo, Belita e Domingas e Simão Nhacule.

Esta banda  é ainda composta por: Carlos Gove (viola baixo), Bernardo Domingos (guitarra), Simão Nhancule (percussão) e Stélio Zoe (bateria), numa delegação que contará com outros integrantes ligados ao management e produção, imprensa e ao Ministério da Cultura e Turismo.

O ministro da Cultura e Turismo, Silva Dunduro, assistiu aos últimos preparativos do colectivo e disse na ocasião, que o país estará bem representado, uma vez que a MOZABAND vai levar ao público a essência das sonoridades de Moçambique, lê-se no comunicado enviado à nossa redacção.

“Desta vez decidimos preparar algo especial, um espectáculo com uma representatividade e experiência diferentes para dar uma dimensão maior do país. Vim para desejar a estes artistas uma boa actuação e que levem o país no coração”, disse Silva Dunduro.

De acordo com Stewart Sukuma, que assume a direcção artística do projecto MOZABAND “é um privilégio ter esse papel apesar de ter consciência que é uma responsabilidade muito grande, porque ao assumirmos este compromisso levamos o país nas nossas mãos e precisamos de  fazê-lo com competência e respeito. Para além dos músicos envolvidos há uma equipa à volta que é constituída igualmente por peças fundamentais no grupo. Todos os que participam, sejam músicos, managers, produtores, directores da delegação, são importantes para representar o país dignamente”, afirmou Stewart.

Para o baixista Carlos Gove, director musical do projecto, o grupo está preparadíssimo. “É um grupo de profissionais já experientes nestas andanças, Cada elemento leva para a banda o seu cunho pessoal mas sempre a pensar num resultado colectivo representativo do país. Nós levamos com seriedade cada trabalho. Sobretudo quando vamos para um evento em que vários países estarão representados”.

A delegação moçambicana deverá cumprir um programa de seis concertos, em diferentes localizações de Macau, onde apresentará um espectáculo demonstrativo dos sons, ritmos, danças e trajes tradicionais de Moçambique com o objectivo de espelhar a riqueza cultural das diferentes províncias deste país, segundo explicou a manager da MOZABAND, Ana Girão.

O evento terá lugar em Macau de 13 a 21 de Outubro.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos