O País – A verdade como notícia

Mortos devido ao ciclone “Eloise” aumentam para 12 em Sofala

O número de óbitos por conta do ciclone “Eloise” subiu de 10 para 12 em Sofala, segundo dados actualizados este sábado, pelo INGD, na província de Sofala.

O “Eloise”, caracterizado por ventos fortes e chuvas intensas, fustigou Sofala, Manica, Zambézia e Inhambane, há uma semana. A cidade da Beira foi o epicentro do fenómeno.

De acordo com o delegado do INGD, Texeira Almeida, houve oito feridos e cerca de 212 mil pessoas afectadas pelas intempéries.

“O ciclone “Eloise” destruiu, parcialmente, 319 salas de aula, afectando cerca de 10 mil alunos e 190 professores. Por conta desta situação, nos distritos de Búzi, Machanga e Muanza, a sul de Sofala, ainda não foram realizados exames da sétima classe em algumas escolas. Cerca de seis mil alunos” estão afectados.

“O sector de educação está a fazer de tudo para, brevemente, os alunos serem submetidos a exames”, explicou Texeira Almeida.

No sector da agricultura, mais de 78 mil famílias camponesas estão desesperadas porque as suas culturas estão inundadas.

Os dados das autoridades indicam que cerca de 97 mil hectares foram afectados pelos ventos e pelas inundações, sobretudo milho.

A área prejudicada corresponde a 67 por cento do que foi plantado, contra 13 por cento de arroz. Seis mil hectares são considerados perdidos.

Ainda no sector de agricultura, mais de 7.500 animais foram assolados, na sua maioria gado bovino.

No sector de pescas, 40 embarcações para pesca artesanal sofreram danos ligeiros e graves. Foram ainda arrolados três barcos industriais de pesca que afundaram, afectado assim a actividade de 132 pescadores.

No sector de saúde, 38 unidades sanitárias e 40 residências de enfermeiros sofreram devido ao “Eloise”

O INGD disse que está a transferir as famílias que se encontram nas zonas de risco no Búzi, para a região de Guara-quara. Até este sábado, mais de 20 mil pessoas já tinham sido movimentadas para zonas seguras, explicou Teixeira Almeida.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos