O País – A verdade como notícia

Morreu o professor e pesquisador Nelson Traquina

O professor e pesquisador da área da comunicação Nelson Traquina, morreu na quinta-feira, mas a sua morte foi divulgada este sábado pelos jornalistas, pesquisadores e docentes que o conheciam.

Nelson Traquina, um académico de reputação internacional, morreu, aos 71 anos, em Massachusetts, nos EUA, onde residia há alguns anos, vítima de ataque cardíaco.

Foi um pioneiro na investigação e estudos do jornalismo em Portugal e um autor profícuo. "Jornalismo: Questões, Teorias e Estórias" (1993) é uma obra fundamental da disciplina das Ciências da Comunicação nacional.

Nelson Traquina nasceu nos EUA em 17 de Setembro de 1948, filho de pais açorianos. Lecionou na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, na Universidade Nova de Lisboa, desde o início dos anos 80 e obteve a cátedra em 1997.

A faculdade, numa nota de pesar, lembrou que o professor foi correspondente em Portugal da agência noticiosa United Press International (UPI), "tendo chegado ao país no rescaldo da revolução de Abril, depois de um percurso académico nos Estados Unidos – licenciatura em Política Internacional no Assumption College e mestrado em Política Internacional na Universidade de Denver – e em França – diploma em Comunicação Social e Política na Universidade de Paris I e doutoramento em Sociologia na Universidade de Paris V".

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos