O País – A verdade como notícia

Morreu Mnguni, juiz que decidiu pela prisão de Zuma

Foto: News24

Morreu hoje, em circunstâncias ainda desconhecidas, o juiz Jerome Mnguni, de KwaZulu-Natal, África do Sul, que ditou a prisão do ex-presidente sul-africano Jacob Zuma.

Segundo o Redactor, o juiz Mnguni proferiu uma sentença por escrito no caso, rejeitando o pedido de Zuma para suspender o seu mandado de prisão e disse que se o tribunal acedesse aos argumentos em nome de Zuma, a hierarquia será perturbada e não haverá finalização das decisões judiciais.

O juiz presidente Achmat Jappie, da província sul-africana de KwaZulu-Natal, confirmou a notícia da morte do juiz Mnguni ao meio da manhã de hoje, mas disse que os detalhes permanecem vagos.

Jappie diz que foi informado pelo administrador do tribunal, que falou com a secretária do juiz Mnguni, que o juiz adoeceu “três ou quatro dias” e foi internado em um hospital em Richards Bay, uma cidade portuária da África do Sul. “É absolutamente chocante”, disse.

Mnguni era membro sénior do judiciário de KwaZulu-Natal e havia sido nomeado para actuar no Supremo Tribunal de Recurso, em Outubro, e estava a ser considerado como Juiz Presidente do Tribunal de Recurso de Competições.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos