O País – A verdade como notícia

Morreu Edmundo Galiza Matos (1954-2021)

Morreu hoje , em Maputo, Edmundo Galiza Matos, jornalista, vítima de doença.

Matos estava já há alguns dias internado no Hospital Central de Maputo, e através das redes sociais, um dos seus filhos, pediu uma corrente de oração.

“Caros amigos, juntem-se a nós, em orações para que o mais rápido possível, o nosso pai, Edmundo Galiza Matos, regresse ao convívio familiar. Agradecemos a todos pela força neste momento difícil”, lê-se na publicação de Edmundo Galiza Matos Júnior.

Edmundo Galiza Matos nasceu em 1954, em Inhambane, no distrito de Inharrime. Ingressou na Rádio Moçambique como ajudante de escritório em Porto Amélia, em 1975. Ascendeu a redactor em 1976.

Entre 1981 e 1986 Matos foi delegado do emissor provincial de Nampula, da Rádio Moçambique, transferindo-se depois para Maputo, onde evoluiu como jornalista, até atingir a categoria de editor sénior, com a qual se aposentou.

Nos últimos anos, Edmundo Galiza Matos dedicava-se a fotografia e à produção de programas radiofónicos para rádios comunitárias.

1

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos