O País – A verdade como notícia

Morgue de Marracuene reaberta, mas sem fundos para comprar sistema de refrigeração

A morgue do Centro de Saúde de Marracuene, na província de Maputo, com capacidade para conservar seis corpos, já está a funcionar depois de quase dois meses encerrada devido à avaria do sistema de refrigeração.

A avaria da única Morgue que atende todo o distrito de Marracuene criou embaraços às famílias que vivem naquele ponto da Província de Maputo. Mas Francelino Devesse, director distrital de Saúde, Mulher e Acção Social, em Marracuene, disse ao jornal “O País” ter feito a reposição e garante que ficou ultrapassado o problema.

“Já estamos a funcionar em pleno, já não há nenhum problema de conservação de corpos. Neste momento, fizemos a reparação e reposição da mesma câmara, o que se fez foi a substituição de algumas peças que estavam totalmente inoperacionais. A empresa, que fez a reparação, garantiu-nos que a morgue vai funcionar durante mais tempo”, disse Francelino Devesse.

Falta dinheiro para aquisição de um novo sistema de refrigeração para esta morgue. “Estamos a mobilizar recursos, neste momento, não podemos avançar datas, estamos mesmo no processo de mobilização de recursos junto dos nossos parceiros”, referiu para depois referir que um novo sistema pode custar entre 150 a 170 mil Meticais.

Não é a primeira vez que aquela morgue é encerrada devido à avaria do sistema de refrigeração.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos