O País – A verdade como notícia

Moradores de Mocímboa e Palma continuam inseguros devido aos ataques

A presença das Forcas de Defesa e Segurança não diminui a insegurança no seio da população do norte de Cabo Delgado. Os ataquem protagonizados por grupos de malfeitores ainda aterrorizam aquela província. 

 A primeira vista parece estar tudo bem. No entanto, a população teme que a situação persista e se alastre para mais distritos da província. 

Habitantes de Palma dizem não ir mais às machambas que ficam distantes por recear ataques. “Não sabemos o que eles querem, só matam as pessoas”, afirmou Issufo Bacar, residente daquele distrito.

Segundo populares, a polícia criou limites de circulação de pessoas e viaturas no período nocturno. “Tenho medo de caminhar a noite… quando são 20 horas, o melhor é ficar em casa”, disse  Carolina João, Habitante de Palma. 

Os distritos de Palma e Mocímboa da Praia foram os que registaram maior parte dos ataques e mortes por decapitação, desde que os supostos insurgentes se instalaram em Cabo Delgado em Outubro de 2017.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos