O País – A verdade como notícia

Moradores da Matola queixam-se do mau cheiro causado pela incineração de lixo hospitalar

Moradores do bairro Matola 700 reclamam dos transtornos causados pela incineração de lixo infeccioso no centro de saúde local. A direção de saúde reconhece a situação e diz que tal facto acontece devido a falta de uma incineradora na unidade sanitária.

Estes são obrigados a conviver com o mau cheiro e estão expostos a riscos de contrair doenças. A denúncia veio dos próprios moradores através de imagens postas a circular nas redes sociais.

A direção de saúde da província de Maputo e representantes da autarquia da Matola dirigiram-se àquela unidade sanitária para se inteirar dos factos. Em entrevista ao O País, a directora de saúde, Yolanda Santos disse que o problema tem dias contados.

Na ocasião, a edilidade comprometeu-se em retirar todo lixo nesta sexta-feira.

As autoridades de saúde garantiram que já estão a contactar parceiros para a disponibilização de fundos para a construção de incineradoras, uma na Matola 2 próximo a esta unidade sanitária, outras no bairro Ndlavela e no distrito de Boane.
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos