O País – A verdade como notícia

Moçambique soma 120 óbitos e 12.849 recuperados da COVID-19

Mais uma pessoa morreu vítima da COVID-19 na cidade de Maputo, onde já há 91 óbitos dos 120 registados em todo o país, segundo a última actualização do Ministério da Saúde.

O homem, cuja morte foi declarada esta quinta-feira, é de nacionalidade moçambicana e tinha 89 anos de idade. O Ministério da Saúde diz que o paciente estava internado.

Cumulativamente, o país regista 568 pacientes internados, dos quais 40 ainda nos centros de internamento para pessoas com COVID-19 e em algumas unidades hospitalares. Destes, 92.5% pacientes encontram-se na cidade de Maputo.

Entre os doentes, 25 estão em estado clínico moderado, 13 em estado grave e dois em estado crítico. Todos padecem de patologias crónicas diversas, sendo que as mais frequentes são a hipertensão arterial e as diabetes, de acordo com o Ministério da Saúde.

A instituição disse, em comunicado enviado ao “O País”, que mais 94 pessoas foram infectadas pela COVID-19, num total de 1.513 submetidas a testes.

Assim, o cumulativo subiu para 14.723, sendo 14.416 de transmissão e 307 importados. Dos recém-infectados, 91 são moçambicanos e três estrangeiros, dos quais um queniano, outro sul-africano e um português.

A cidade de Maputo registou maior número de gente que testou positivo (67), seguida pela província de Maputo.

Além disso, a Saúde anunciou mais 95 recuperados, sendo 77 na cidade de Maputo, 12 na província da Zambézia e seis em Inhambane.

Deste modo, o total de recuperados desde o surgimento da COVID-19 no país, em Março último, é de 12. 849, o que corresponde a 87.3% de pacientes sem o vírus.

Moçambique ainda conta com 1.750 pessoas com Coronavírus no organismo.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos