O País – A verdade como notícia

Moçambique retoma importação de ovos da África do Sul

A Direcção Nacional de Veterinária de Moçambique levantou a proibição de importação de ovos férteis da África do Sul, mas manteve a interdição da importação de aves domésticas e selvagens, segundo a confirmação do director Américo Manuel da Conceição, numa entrevista ao telefone.

A medida resulta da monitorização que a Direcção Nacional de Veterinária de Moçambique tem vindo a realizar face à gripe aviária detectada no mês passado na África do Sul.

O director ressalva que se estabelece que os ovos derivem de estabelecimentos certificados como estando livres da “Influenza Aviária” e autorizados a exportar com base nos resultados de inspecções e testes laboratoriais posteriores a 22 de Junho deste ano.

No entanto, mantêm-se a proibição de importação e trânsito de aves domésticas e selvagens, carne fresca ou congelada de frango, penas, ovos férteis e de consumo, pintos de um dia, produtos avícolas e todos os materiais ou objectos usados no processo de criação provenientes do Zimbabwe, Congo e de zonas da África do Sul que se encontram afectadas ou sob vigilância.

Dos países afectados na região, segundo a direcção, apenas a Autoridade Veterinária da África do Sul tem mantido informados os países limítrofes sobre a evolução da situação da “Influenza Aviária” e as medidas em curso para o controlo.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos