O País – A verdade como notícia

Moçambique registou dois óbitos e 107 novos casos da COVID-19 entre sábado e domingo

A COVID-19 fez mais duas vítimas mortais no país entre o sábado e domingo. As vítimas são da Zambézia e Maputo. O país soma agora 130 mortes causadas pela doença, sendo que há, por outro lado, cerca de 87% de pessoas que antes tinham o vírus mas que já estão totalmente recuperadas

Uma mulher de 57 anos que estava internada num dos hospitais da província da Zambézia morreu vítima da COVID-19, anunciou o Ministério da Saúde (MISAU).

De acordo com o MISAU, no domingo, outra paciente de 40 anos também perdeu a vida na cidade de Maputo, vítima da doença.

As duas vítimas evoluíram para óbitos depois de terem registado agravamento no estado clínico, nas unidades hospitalares onde estevam internadas.

Maior parte das mortes continua a se verificar em Maputo.

Entre o sábado e domingo, o MISAU anunciou, igualmente, um total de 107 novos casos positivos da COVID-19, elevando o cumulativo para 15.613 casos. Todos frutos da transmissão local.

Dos novos casos, maioria continua, também, a ser proveniente da cidade de Maputo, que registou 17 casos só este domingo.

Entretanto, para além dos novos casos da doença, no último sábado mais 46 pessoas foram declaradas livres do Coronavírus no país, fazendo com que o cumulativo seja 13.677 pessoas, equivalente a 87.8% do global.

Em Moçambique, existe, até o momento, um cumulativo de 63 pacientes internados, dos quais 45 estão actualmente nos centros de internamento de COVID-19 e em outras unidades hospitalares. Maputo acumula grossa parte dos casos.

Os pacientes internados padecem de patologias crónicas diversas, sendo que as mais frequentes são a Hipertensão Arterial e as Diabetes.

Em Moçambique existe, até o momento, um cumulativo de 3.241.956 pessoas rastreadas para a COVID-19 nos diferentes pontos de entrada. Destas, 57.585 foram submetidas à quarentena domiciliar. Neste momento, 8.012 pessoas observam ainda a quarentena domiciliar e 3.395 contactos de casos positivos estão em seguimento.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos