O País – A verdade como notícia

Moçambique regista 4.970 recuperados da COVID-19, maior recorde de sempre

Mais 4.895 moçambicanos, sete estrangeiros e 68 indivíduos de nacionalidade desconhecida ficaram livres da infecção do novo Coronavírus em apenas 24 horas. É o maior número de recuperados desde o início da pandemia.

Com este número, o total de pessoas recuperadas do vírus no país sobe para 95.815, que corresponde a 76.7% de todos os casos positivos.

Esta segunda-feira, o Ministério da Saúde (MISAU) anunciou a morte de mais 17 moçambicanos. Trata-se de 13 homens e quatro mulheres, com idades entre 32 e 81 anos.

Com estes óbitos, ocorridos entre o dia 31 de Julho e 2 de Agosto, o cumulativo eleva-se para 1.479.

Além das mortes, houve, também, 1.421 casos de infecção pelo vírus. Segundo um comunicado do MISAU, os recém-infectados são 1.411 cidadãos nacionais e 10 estrangeiros. Destes, 772 são mulheres e os restantes 649 são homens.

“Todos os novos casos resultam de transmissão local”, referem as autoridades, contabilizam 124.962 infecções, das quais 124.593 de transmissão local e 369 importadas.

A cidade e província de Maputo continuam a liderar o número de diagnósticos com 364 e 310, respectivamente.

“Nas últimas 24 horas registamos 56 novos internamentos e 44 altas hospitalares. Até o momento, o país tem um cumulativo de 5.909 pacientes internados, dos quais 501 estão actualmente nos Centros de Internamento de COVID-19 e em outras Unidades Hospitalares”, lê-se no referido documento.

Moçambique tem 27.664 casos activos da doença.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos