O País – A verdade como notícia

Moçambique participa da 11ª edição do MASA

Durante uma semana, de 7 a 14 deste mês, o país vai participar na 11ª edição do maior Mercado Internacional de Artes Performativas do continente africano (MASA), a decorrer na cidade de Abidjan, capital da Costa do Marfim.

Segundo uma nota de imprensa sobre o evento, com dança, música, teatro, conto e comédia, o MASA visa promover as artes dos países africanos, através do apoio à criatividade e produtos de boa qualidade, da facilitação da circulação dos artistas e de suas obras em África e no mundo.     

Assim, “Theka”, obra coreográfica estreada na sétima edição da Plataforma Internacional de Dança Contemporânea – Kinani, é a peça com a qual Moçambique far-se-á representar naquele país africano. A peça surge através de um desafio proposto por Quito Tembe, director da Yodine Produções, cenógrafo e produtor do plataforma de dança Kinani, aos coreógrafos moçambicanos para inserirem nas suas criações uma nova visão artística que envolve aspectos tradicionais dentro de uma realidade contemporânea. Idio Chichava e Horácio Macuácua, dois coreógrafos moçambicanos reconhecidos a nível internacional, trouxeram a resposta.

Junto da associação de música e dança tradicional “Hodi”, e não só, Idio Chichava e Horácio Macuácua projectaram uma peça que envolve diversas danças tradicionais africanas sem necessariamente seguir um padrão.

Criado em 1993, na Costa do Marfim, o festival MASA teve um intervalo de sete anos, devido ao conturbado contexto sócio-político da Costa do Marfim, e reabriu em 2014.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos