O País – A verdade como notícia

Moçambique no grupo de Cabo Verde e Quénia no Afrobasket-2019

No pote 1, e como cabeça-de-série na qualidade de quarto classificado da edição 2017, em Bamako, Mali, já se sabia que Moçambique evitava a Nigéria, campeã em título; Senegal, vice-campeão; e Mali, terceiro classificado.

Rolaram as bolas e, findo o escalonamento, saíram como adversários no grupo “D” as selecções de  Cabo Verde e Quénia, ausentes do último campeonato africano de basquetebol sénior feminino.

Ainda de acordo com o sorteio realizado esta segunda-feira, Senegal, Costa do Marfim e Egipto compõem o grupo “A”, enquanto que o “B” é constituído por Nigéria, Camarões e Tunísia. Já no grupo “C” encontram-se as selecções de Angola, Mali e República Democrática do Congo.

Os primeiros classificados de cada grupo qualificam-se para os quartos-de-final, ficando, desta forma, à espera dos seus adversários que sairão dos jogos entre os segundos e terceiros classificados.

Neste cruzamento, o  segundo classificado do grupo “A’ joga com o terceiro do grupo “B’, enquanto o segundo de “B”  mede forças com o terceiro do “D”. O segundo classificado do grupo “C” bate-se com a equipa posicionada na terceira posição no grupo “D e o terceiro de “C” joga com o segundo de “D”.

Os vencedores dos quartos-de-final avançam para as meias-finais, enquanto os perdedores disputam as classificativas do 5.º ao 8º lugares.

Os jogos da final e  de atribuição do terceiro lugar será disputados no dia 18 de Agosto, último dia da competição.

Os seis melhores classificados disputarão o torneio de pré-qualificação da FIBA ??África para  os Jogos Olímpicos de  verão de 2020, em Tóquio, no Japão.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos