O País – A verdade como notícia

Moçambique não sai da lista dos mais corruptos do mundo

Moçambique continua entre os países mais corruptos do mundo. Em 2021, o país subiu apenas um ponto, comparativamente ao ano anterior, 2020.

Nem o arranque do julgamento do “caso dívidas ocultas”, nem o desfecho do caso Embraer tiram Moçambique da lista dos países mais corruptos do mundo. Segundo a Transparência Internacional, em 2021, Moçambique continuou entre os piores.

Depois de ter derrapado em 2020, ao somar 25 pontos dos 100 possíveis, no ano seguinte, 2021, a pontuação aumentou em apenas um ponto, num ano em que o Governo disse ter aberto mais processos e penalizações ligadas à corrupção.

Com estes números, conclui-se que, numa lista de 180 países, Moçambique ocupa o lugar 147.

Desde o despoletar das “dívidas ocultas”, em 2015, o país começou a registar queda nos relatórios internacionais. Em 2017, foi registado o pior saldo, com Moçambique a descer 30 posições no Índice de Percepção da Corrupção da Transparência Internacional.

As notas são atribuídas a partir de relatórios de instituições com altos níveis de credibilidade que indicam “percepções do sector privado e de especialistas acerca do nível de corrupção no sector público”. Valores abaixo de 50 indicam “níveis graves de corrupção”. Esse é o nível de Moçambique.

Para este facto, podem ter pesado as escolhas do país na gestão da pandemia da COVID-19, que eclodiu em Março de 2020, em território nacional. Entre essas escolhas, destacam-se os ajustes directos aprovados para o fornecimento de material hospitalar e contratação de serviços de requalificação de infra-estruturas públicas para permitir que se adaptem ao tempo da pandemia.

Os melhores da lista continuam a ser a Dinamarca, Nova Zelândia, Finlândia e Noruega, com 88 pontos. Em contrapartida, os mais corruptos são Venezuela, com 14 pontos, Somália e Síria, com 13 e Sudão do Sul, com 11 pontos dos 100 possíveis.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos