O País – A verdade como notícia

Moçambique estreia-se como membro do Fórum dos Países Exportadores de Gás

Já havia aderido à organização mundial, mas só a partir de hoje, Moçambique passou, em termos práticos, a ser membro do Fórum dos Países Exportadores de Gás. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira, em Doha, no Qatar, pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, durante o Fórum dos Países Produtores e Exportadores de Gás.

Na ocasião, Filipe Nyusi considerou que o gás natural é a melhor alternativa para a transição energética no contexto das mudanças climáticas, que exige aos países o uso de energias cada vez mais limpas, ou seja, menos poluentes.

Nyusi diz ainda que Moçambique tem condições para ser um actor importante na produção e exportação de gás natural para o mundo.

“De pequeno exportador para a região Austral de África, passaremos a fazer parte da família dos exportadores mundiais de gás natural”, lembrou Nyusi.

Para o Presidente da República, a entrada em funcionamento da plataforma de produção de gás natural liquefeito prevista para este ano, na Bacia do Rovuma, em Cabo Delgado, um projecto desenvolvido pelo consórcio liderado pela companhia italiana Eni, marcará uma nova era para o crescimento da economia nacional.

“Trata-se de um projecto estruturante, capaz de gerar um grande impacto nas receitas do Estado, no incremento das exportações, no conteúdo local e na criação de emprego”, referiu Nyusi discursando no fórum.

O evento conta com a participação de vários chefes de Estado e de Governo de países exportadores de gás, com os quais, Nyusi quer estabelecer uma interacção que promova o desenvolvimento das Nações.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos