O País – A verdade como notícia

Moçambique estreia-se com empate

A selecção nacional de futebol feminino, em seniores, estreou-se com um empate a duas bolas, hoje, diante da sua congénere de Angola, no jogo inaugural do Grupo “A“ do Torneio COSAFA, prova que decorre em Port Elizabeth, África do Sul.

O combinado nacional teve uma entrada de rompante e como fruto disso adiantou-se no marcador aos 22 minutos, por intermédio de Albertina Pondja. Com uma postura destemida e recorrendo ao futebol directo, o combinado nacional em uma boa parte do jogo obrigou a turma adversária a se aplicar a fundo para aguentar a pressão.

Ainda assim, Angola também ia assentando o seu jogo, tendo, por isso, chegado ao golo de empate através da Zeferina Caupe, resultado com que as duas equipas recolheram para o intervalo.

Na segunda parte, Moçambique voltou a ter uma entrada avassaladora. Contudo, a selecção angolana conseguiu equilibrar os “pratos da balança”. Aos 77 minutos, Cidália Cuta fez o 2-1 para Moçambique, a responder positivamente um centro da Lónica Tsanwane, colocando, mais uma vez, o combinado angolano em desvantagem e correr atrás do prejuízo.

Aos 82 minutos, Yara Lima acabou com a festa das moçambicanas, ao restabelecer a igualdade, resultado com que não mais viria a se alterar. Os derradeiros minutos foram de muito sofrimento de parte a parte até ao apito final, ainda que a selecção moçambicana se mostrasse mais astuta em relação ao adversário.

O Grupo “B“ entra em acção amanhã, com os jogos Botswana-Sudão do Sul e Tanzânia-Zimbabwe. Já o Grupo “C“ joga amanhã com os jogos, tendo sido marcadas as seguintes partidas: Namíbia-Uganda e Zâmbia-Eswatini.

 

SUB-20 ACELERAM PREPARAÇÃO

Entretanto, a selecção nacional na categoria de Sub-20, que na semana passada perdeu por 1-0 frente à sua congénere da África do Sul, em partida, realizada no campo da ABB, na Matola, referente à 1ª “mão” da segunda eliminatória da fase de qualificação, zona africana, para o Mundial da Costa Rica 2022, retomou esta segunda-feira, no Estádio da Machava, os trabalhos de preparação para o jogo da 2ª “mão”, partida agendada para os dias 9/10 de Outubro próximo, em Joanesburgo.

Sobre essa partida, a selecionadora nacional, Júlia Fumo antevê muitas dificuldades, visto que reconhece o valor da equipa adversária. Ainda assim, ela acredita num desfecho favorável ao combinado nacional.

“Se as sul-africanas vieram cá nos vencer, da mesma maneira podemos fazê-lo na casa delas”, afirmou Júlia Fumo.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos